Nando Cunha

 
Nando Cunha int.jpg
 
 

Breve Histórico

Com mais de 25 anos de carreira Nando Cunha já atuou em diversos espetáculos teatrais, mais de dez novelas e cinco longas-metragens. Seus grandes papéis na TV foram na novela Salve Jorge, onde viveu o personagem Pescoço, na Rede Globo e outro papel de destaque foi no programa Os Suburbanos, onde viveu a personagem Dinda, uma mãe de santo.

Nas grandes telas Nando teve grande destaque em filmes como Tim Maia, com direção de Mauro Lima, Querô entre outros.

CINEMA

2013 – Trinta, direção Pailo Machline

2013 – Tim Maia, direção Mauro Lima   

2013 – Lascados, direção Vitor Mafra

2008 – Simbologia de um Crime, direção Marcos Dartanhan e Rodrigo Lombardi

2006 – Querô, direção Carlos Cortez

Curta-metragem

2007 – O Homem, direção Renê Sampaio

1998 – A Lua, direção Josias Pereira

 

TELEVISÃO

2015 – Os Suburbanos – Multishow

2014 – Geração Brasil – Rede Globo

2013 – Divertics – Rede Globo

2013 – Salve Jorge – Rede Globo

2010 / 2009 – Força Tarefa – Rede Globo

2010 – Dalva e Herivelto – Rede Globo

2008 – Casos e Acasos – Rede Globo

2008 – Desejo Proibido – Rede Globo

2001 / 2000 – Escolinha do Barulho – Rede Record                         

 

TEATRO

2016 – Stand-Up Sambas e Outras Histórias, direção Nando Cunha

2013 – Lima Barreto ao Terceiro Dia, direção Luiz Antonio Pilar

2011 – Assassinato no Motel, direção Fernando Ceylão

2008 – O Homem da Cabeça de Papelão, direção João Batista

2006 – Missa dos Quilombos, direção Luiz Fernando Lobo

2005 – Estatuto de Gafieira, direção André Paes Leme

2004 – Grande Otelo “Eta Moleque Bamba”, direção André Paes Leme

2004 – Geraldo Pereira “Um Escurinho Brasileiro”, direção Daniel Hernz             

2004 – Obrigado Cartola, direção Vicente Maolino

2003 – O Último Dia, direção Sérgio Brito

2003 – Manual de Sobrevivência para as Grandes Cidades, direção Ivan Fernandes

2003 / 2002 – O Mundo é Grande, direção João Batista

2002 / 2001 – Beijo no Asfalto, direção Marcos Alvisi

2000 / 1999 – Noel Rosa, o Feitiço da Vila, direção Andrea Fernandes

1996 – Forrobodó, direção André Paes Leme

1995 – Doidas Folias, direção Cristina Bitencourt e Paloma Riani