Vitor Thiré

 
Vitor Thiré 00.jpg
 
 

Breve Histórico

 

Vitor Thiré iniciou sua carreira muito novo, em 1999, no teatro com o espetáculo A Dona Baratinha, com direção de Karen Acioly. Desde então já são mais de quinze peças teatrais. Na televisão seu primeiro trabalho foi na série Filhos do Carnaval, com direção de Cao Hamburger, exibida pela HBO, no ano de 2008.

Na televisão trabalhou em grandes emissoras como HBO, GNT, Multishow e Rede Globo. Seus principais trabalhos foram nas duas temporadas de Desenrola Ai, Dilemas de Irene e pela Globo Malhação, Liberdade Liberdade e Filhos da Pátria. No cinema esteve no longa-metragem Desenrola, no ano de 2011, que conta com a direção de Rosane Svartman.

 

CINEMA

2011 -  Desenrola, direção Rosane Svartman. 

 

TELEVISÃO

2017 – Filhos da Pátria – Rede Globo

2016 – Liberdade Liberdade – Rede Globo

2015 – Não se apega, não – Fantástico – Rede Globo

2014 / 2013 – Malhação Casa Cheia – Rede Globo

2012 – Amor Eterno Amor – Rede Globo

2012 – As Brasileiras – Rede Globo

2011 – Desenrola Aí 1ª Temporada – Multishow

2011 – Dilemas de Irene – GNT

2010 – Desenrola Aí 2ª temporada - Multishow

2008 – Filhos do Carnaval - HBO

           

TEATRO

2015 – Só se Fala em Outra Coisa, direção Vitor Thiré

2015 – Cinderela, direção Luisa Thiré

2015 – Despertando para Sonhar, direção Tadeu Aguiar

2015 – Um Estranho no Ninho, direção Bruce Gomlevsky

2014 – Deu Branco – Cenas Improvisadas

2014 – Garotos, direção Leandro Goulart e Afra Gomes

2013 – Alice e Gabriel, direção Felipe Fagundes

2012 – O Pacto (turnê), direção Tadeu Aguiar

2012 / 2011 – Aukê – Uma peça para Super-Heróis, direção Marco André Nunes e Pedro Kosovski

2010 – O Círculo de Giz, direção João Batista

2009 – O Auto da Compadecida, direção João Batista

2009 – As Bruxas de Salém, direção Johaynne Hildefonso

2008 – Os Cigarras e os Formiguas, direção João Batista

2008 / 07 / 06 / 05 / 04 – Fazendo Amigos na Fazenda

2005 – O boi e o Burro no Caminho de Belém, direção Luisa Thiré

2000 / 1999 – O Casamento de Dona Baratinha, direção Karen Acioly